Províncias

Administradora adjunta quer apoio da população

A nova administradora adjunta da comuna do Egipto Praia, Elsa Rebeca Chico, apelou ontem aos moradores da localidades para uma participação mais activa nas acções que visam a melhoria e o progresso daquela parcela do município do Lobito.

Ao falar durante a sua apresentação à população de Egipto Praia, pelo administrador municipal do Lobito, Alberto N’gongo, Elsa Rebeca Chico disse  esperar uma grande contribuição dos munícipes para que juntos consigam atingir os objectivos preconizados para o seu mandato.
Elsa Rebeca garantiu que tudo vai fazer para corresponder às expectativas criadas pela população e vai respeitar o convívio com o povo e honrar os sobas e seculos, de quem espera receber muitos conselhos.
Nomeada recentemente pelo governador provincial de Benguela, Isaac dos Anjos, a jovem, de 26 anos, antes do cargo administrativo desempenhava, desde 2011, as funções de professora do primeiro ciclo do ensino geral, depois de formada pela Escola de Professores do Futuro da ADPP.
Na ocasião, a administradora municipal adjunta do Lobito, Maria Kalesso Firmino, desejou sucesso à jovem gestora do Egipto Praia pelas novas funções e pediu que a humildade seja uma das características no trato com a população e seus colaboradores directos.

Grupo de acompanhamento />
O administrador municipal do Lobito, Alberto N’gongo, efectuou  a apresentação do grupo de acompanhamento à comuna, coordenado por Adriano Kameke e Carlos Araújo Pedro, técnicos que devem quinzenalmente deslocar-se à localidade para se inteirarem da situação social e económica da região.
Alberto N’gongo deslocou-se  ao posto principal do registo eleitoral da comuna, para avaliar o grau de adesão da população ao processo, que tem fim marcado para 31 de Março deste ano.
Elsa Rebeca é técnica superior de Psicologia e tem experiência em trabalho com as comunidades, tendo em conta o serviço que prestou enquanto professora rural.
O Egipto Praia localiza-se na zona norte da província de Benguela e dista cerca de 90 quilómetros do Lobito. Possui uma população estimada em 12.034 habitantes, que se dedicam  à pesca, agricultura e pecuária.
Na região, refira-se, decorrem diversas acções de impacto social para melhorar a qualidade de vida da população,

Tempo

Multimédia