Províncias

Adquiridas várias balanças para manutenção de estradas

O Instituto de Estradas de Angola (INEA) adquiriu 36 balanças, cinco delas móveis, no âmbito do programa de manutenção e conservação das infra-estruturas rodoviárias, disse, em Benguela, o chefe de departamento de conservação das estradas.

O Instituto de Estradas de Angola (INEA) adquiriu 36 balanças, cinco delas móveis, no âmbito do programa de manutenção e conservação das infra-estruturas rodoviárias, disse, em Benguela, o chefe de departamento de conservação das estradas.
Florentino da Silva, que apresentava o programa de manutenção viária aos participantes no primeiro encontro técnico do INEA, afirmou que estão identificados os pontos críticos, onde as balanças estão já a ser colocadas.
Entre os pontos críticos contam-se as zonas de acesso às áreas agrícolas e industriais e os corredores portuários, além das fronteiras internacionais. 
Florentino da Silva sugeriu a colaboração entre o Ministério do Urbanismo e Construção, por intermédio do INEA, e o do Interior para a fiscalização das viaturas que transportam mercadorias pesadas
“Deve haver uma colaboração para se evitar situações que podem colocar em causa um trabalho de grande invergadura. Vamos crias  condições para o efeito”, disse.
A manutenção preserva as condições definidas nos projectos das estradas, evita a reabilitação precoce das já recuperadas, proporciona qualidade e segurança aos utentes, optimiza os investimentos públicos aplicados e diminui os acidentes de viação. 
Os custos de manutenção de uma estrada, frisou, fica apenas em 1,3 por cento do valor global. 

Tempo

Multimédia