Províncias

Adventistas doam sangue no Lobito

Mais de vinte fiéis da Igreja Adventista do Sétimo Dia, no Lobito, na província de Benguela, doaram nove litros e 450 centilitros de sangue ao Hospital Geral.

Fotografia: DR

A directora de Departamento de Saúde da Igreja Adventista do Sétimo Dia, no distrito do Compão, no Lobito, Bernarda Tchiteculo, adiantou que a motivação da campanha é a carência de sangue que deixa muitos doentes em risco de perder a vida.
A responsável disse que a igreja tem mobilizado todos os anos vários doadores voluntários no Lobito, a fim de doarem sangue à hemoterapia do hospital e, com isso, ajudarem a salvar vidas, principalmente de crianças e mulheres.
Bernarda Tchiteculo garantiu que gestos como este vão continuar, com primazia para a maternidade e a pediatria do Lobito. 
César Gerente, responsável pela hemoterapia do Hospital Geral do Lobito, adiantou que, graças à doação, a unidade tem agora 14 litros e 400 centilitros de sangue, destinados, principalmente, aos doentes com anemia resultante de complicações da gravidez e parto, cirurgias, infecções e insuficiência renal crónica.
César Gerente frisou que gostaria de ver outras denominações religiosas ou socioprofissionais a seguirem o exemplo da Igreja Adventista.

Tempo

Multimédia