Províncias

Camponeses de Benguela perdem toneladas de bens

Cerca de 40 toneladas de produtos agrícolas estão a deteriorar-se na província de Benguela por falta de transporte para os principais mercados, disse, à Angop, o presidente provincial da UNACA.

Produtores realizam feiras para escoar bens
Fotografia: Jornal de Angola

Cerca de 40 toneladas de produtos agrícolas estão a deteriorar-se na província de Benguela por falta de transporte para os principais mercados, disse, à Angop, o presidente provincial da UNACA.
João Januário afirmou que o prejuízo corresponde aos níveis de produção registados no ano passado, especialmente de milho, massambala, batata-doce e rena, abacaxi e hortícolas.
Para minimizar a situação, re    feriu, a UNACA sugere que, enquanto se aguarda pela execução permanente do Programa de Comércio Rural, se realizem feiras nas comunas, povoações e aldeias.
O dirigente provincial da UNACA referiu também estar preocupado com a escassez de chuva na região, que compromete a presente campanha agrícola.
 “A primeira época está comprometida”, lamentou, lembrando que a falta de chuva tem provocado a redução do caudal dos rios,  o que condiciona o processo de irrigação.
Quanto ao Crédito Agrícola de Campanha, disse que 2.132 camponeses beneficiaram de 277. 931.178 kwanzas. A província de Benguela tem 390 associações e 192 cooperativas.

Tempo

Multimédia