Províncias

Catumbela com modernos empreendimentos

Jesus Silva | Lobito

O vice-governador de Benguela para a área Técnica e Infra-estruturas, Henrique Calenga, inaugurou no final de semana vários empreendimentos sociais, na sede do município da Catumbela e nas comunas do Biópio e Gama.

O vice-governador de Benguela para a área Técnica e Infra-estruturas, Henrique Calenga, inaugurou no final de semana vários empreendimentos sociais, na sede do município da Catumbela e nas comunas do Biópio e Gama.
Entre as infra-estruturas inauguradas por Henrique Calenga constam a residência do comandante da Polícia Nacional e do posto policial da comuna do Biópio.
O vice-governador provincial procedeu ainda à abertura de dez casas sociais, para albergar os técnicos que vão trabalhar na comuna do Biópio.
Na Gama, outra comuna da Catumbela, o governante inaugurou o edifício da nova administração comunal e a residência do administrador, assim como se inteirou da fase de conclusão do posto médico, que aguarda por apetrechamento.
No bairro do Ekolelo, o governante inaugurou 50 casas evolutivas, que já se encontram preparadas para serem entregues nos próximos dias aos populares necessitados da localidade.
Na sede municipal, Henrique Calenga inaugurou a repartição de Educação da Catumbela e fez a entrega de uma viatura ao chefe daquela instituição do Estado.
Ainda na sede, o vice-governador visitou a fase final das obras do Balcão Único do Empreendedor (BUE), a ser inaugurado em breve, com vista a facilitar a vida de todos aqueles que tenham vocação para implementar negócios em vários ramos de actividade.
Na Catumbela, Henrique Calenga visitou também o novo mercado do bairro do Chiule, em fase de conclusão, com capacidade para albergar cinco mil feirantes.
O local, numa primeira fase, começa a funcionar com três mil feirantes, contribuindo para evacuar os vendedores que se encontram junto da linha-férrea, próximo da estrada Lobito/Benguela.
Nos últimos tempos, as autoridades administrativas têm envidado esforços no sentido de melhorar as condições dos vendedores a nivel do bairro Chiule.

Tempo

Multimédia