Províncias

Centro de Saúde aberto na zona alta do Lobito

Um Centro de Saúde, construído de raiz, foi aberto segunda-feira no bairro 17 de Setembro, na zona alta da cidade do Lobito, visando descongestionar o Hospital Geral e levar os serviços essenciais básicos junto das comunidades.

Unidade hospitalar conta com serviço de urgência e de várias especialidades médicas
Fotografia: Jornal de Angola

Um Centro de Saúde, construído de raiz, foi aberto segunda-feira no bairro 17 de Setembro, na zona alta da cidade do Lobito, visando descongestionar o Hospital Geral e levar os serviços essenciais básicos junto das comunidades.
O chefe da Repartição Municipal de Saúde do Lobito, Zeferino Joaquim, disse que a abertura daquela unidade hospitalar traduz a vontade e o interesse do Executivo na resolução dos problemas mais candentes da população.
O centro, referiu, vai contar com serviços de urgência, ginecologia, obstetrícia, pediatria, clínica geral, laboratório e hemoterapia, Programa Alargado de Vacinação (PAV), estomatologia, RX, farmácia e uma morgue para conservar sete corpos.
Com capacidade de internamento para 24 doentes, o centro, segundo Zeferino Joaquim, vai contar com cinco médicos, 51 técnicos e 54 administrativos.
 O administrador municipal do Lobito, Amaro Segunda Ricardo, reconheceu que a zona alta da cidade não possuía nenhum estabelecimento hospitalar com condições para fazer consultas internas e o surgimento deste centro veio, de certo modo, aliviar o grande problema que as populações desta zona enfrentavam.   O novo centro de saúde possui todas as áreas de serviço com ambiente climatizado, conta com cinco residências já apetrechadas para acomodar os médicos que ali irão trabalhar, de modo a garantir a presença dos mesmos em casos de urgência no período diurno ou nocturno.

Tempo

Multimédia