Províncias

Comunidades do Lobito dispõem de água potável

Perto de um milhão de habitantes da cidade do Lobito dispõe de água potável, fruto dos investimentos do Executivo e do governo provincial, afirmou, no fim-de-semana, à Angop, o administrador municipal.

Mais de um milhão de habitantes do Lobito beneficiam do programa "Água para Todos"
Fotografia: JA

Perto de um milhão de habitantes da cidade do Lobito dispõe de água potável, fruto dos investimentos do Executivo e do governo provincial, afirmou, no fim-de-semana, à Angop, o administrador municipal.
Amaro Ricardo, que fez a afirmação no termo de uma visita aos sectores ligados à energia e água, disse que "o Lobito é actualmente a cidade com mais água potável" e que "fruto disso há uma redução de casos de doenças".
O projecto águas de Benguela, com capacidade para produzir mil litros por segundo, e a manutenção dos sistemas antigos, como o do Chiule (Catumbela), permitiram que vários bairros disponham de água potável.
Quanto ao sector de energia, o administrador elogiou a direcção da Empresa Nacional de Electricidade – ENE pelos projectos que está a desenvolver para o aumento da capacidade de produção.

Tempo

Multimédia