Províncias

Condições sociais melhoram na Ganda

Maximiano Filipe

Várias acções de impacto social vão ser executadas, a partir do segundo semestre do presente ano, pela Administração Municipal da Ganda, a 210 quilómetros da cidade  de Benguela, garantiu o administrador  Francisco Prata.

Serão reabilitadas e construídas várias infra-estruturas
Fotografia: Edições Novembro

O administrador da Ganda, que falava no encontro de auscultação e concertação social, disse que, no âmbito das comemorações do 49º aniversário da fundação do município, a assinalar-se no próximo dia 24, consta do programa o alargamento e melhoramento das vias de acesso entre as comunas e a sede municipal, visando o aumento da qualidade de vida da população.
Afirmou que neste momento decorrem os trabalhos de revitalização do sector agrícola e o aproveitamento da produção pecuária, de modo a contribuir no crescimento da economia.
Relativamente a outros sectores, nomeadamente Educação e Saúde, o administrador salientou que o município tem  mais de 100 salas de aula e vai contar com 134 novos professores do 6º escalão, que ingressam pela primeira vez no sector, através do concurso público.
“No que toca à Saúde, temos a registar a quantidade de medicamentos recebidos recentemente do ministério de tutela, o que veio  reforçar as unidades hospitalares da sede do município e das comunas”. No quadro do programa de prevenção de doenças junto das comunidades, os medicamentos recebidos, sobretudo as vacinas, foram bastante úteis durante as campanhas de combate à malária na região, acções que decorreram em simultâneo com a distribuição de milhares de mosquiteiros à população, acrescentou  Francisco Prata.
O administrador municipal sublinhou, também, que em função das condições infra- estruturais, médicas e medicamentosas, a atenção  será dada aos cuidados materno-infantis, fundamentalmente às mulheres grávidas, durante as consultas pré-natais, e às pessoas com o VIH.
Melhorar o saneamento básico, principalmente o processo de recolha e tratamento do lixo, a formação de quadros, combate à ocupação ilegal de terrenos, melhoramento do fornecimento de energia eléctrica, reabilitação do jardim municipal e empreendimentos industriais, bem como combater o abate indiscriminado de árvores são, entre outras, acções programadas pela administração   e parceiros. O município da Ganda, a 210 quilómetros a sul da cidade de Benguela, tem mais de 300 mil habitantes.

Tempo

Multimédia