Províncias

Criadas brigadas de saneamento

O administrador municipal a­djunto de Caimbambo pediu aos sobas e seculos da vila que incentivem os habitantes a desenvolverem campanhas de limpeza e higiene nos bairros para garantirem o saneamento básico.

Carlos Manuel, que falava numa reunião com as autoridades tradicionais daquela vila, lamentou a proliferação de lixeiras nos bairros periféricos que põem em risco a saúde dos habitantes sobretudo na época chuvosa.
O administrador, que sugeriu “a constituição urgente” de brigadas de limpeza supervisionadas pelos sobas e com apoio técnico da Administração, salientou a importância de incinerar e enterrar o lixo para se prevenirem doenças. Carlos Manuel criticou a ocupação ilegal de terrenos, que tem causado “constrangimentos à execução de projectos estruturantes e de ordenamento urbano”.

Igreja Pentecostal

A Igreja Pentecostal realizou o primeiro encontro municipal em Benguela durante o qual foi lembrada a responsabilidade que os fiéis têm na limpeza nas comunidades e nas escolas.
O pastor José Feliciano, que presidiu ao encontro, afirmou que a Igreja Pentecostal continua empenhada na resolução de problemas sociais e ambientais por estar interessada na melhoria da qualidade de vida da população. A actuação da Igreja, referiu, tem de marcar a diferença numa sociedade empenhada em solucionar problemas ambientais causadores de doenças. No encontro participaram professores, autoridades tradicionais, entidades religiosas e estudantes.

Tempo

Multimédia