Províncias

Detidos vendedores de jibóia

A Polícia deteve, na cidade de Mocâmedes, dois cidadãos angolanos provenientes do município do Chongoroi, província de Benguela, que pretendiam comercializar  uma jibóia.

Fotografia: DR

Os detidos, que se encontravam no mercado informal do bairro  Eucaliptos, tinham em sua posse, além da jibóia viva e o seu óleo, um crânio e pele de jacaré.
Em declarações à Angop, o soba do bairro, Rafael Capindi, e fiscal de medicina tradicional, disse que o caso “merece, primeiro, um tratamento de fórum tradicional e só posteriormente judicial”.
O soba apela à população a manter a vigilância, denunciando todas as manobras usadas por muitos  cidadãos que procuram a todo o custo enganar os inocentes.
Os supostos criminosos  alegam que encontraram o animal em Benguela e o adquiriram com o objectivo de comercializar na praça da  Alemanha, na província do Huambo, ao proprietário do mercado, que possui um parque de animais selvagens.
Dizem que um animal dessa espécie é vendido ao preço de 20 mil kwanzas,  pois “o seu óleo e a pele são muito procurados”.
-

Tempo

Multimédia