Províncias

Diocesano do Cubal ganha estatuto

Maximiano Filipe | Benguela

O hospital diocesano do Cubal, a 150 quilómetros de Benguela, passou, desde o princípio deste mês, a ostentar o estatuto de hospital geral, em função da capacidade de atendimento.

O hospital diocesano do Cubal, a 150 quilómetros de Benguela, passou, desde o princípio deste mês, a ostentar o estatuto de hospital geral, em função da capacidade de atendimento.
Com capacidade para assistir 1.500 pacientes por dia, a unidade possui um banco de urgência, serviço de maternidade, pediatria, anestesia, urologia, programa alargado de vacinação, cuidados intensivos, cirurgia e serviços gerais de saúde. O director provincial da saúde, Agostinho dos Santos, que realizou recentemente uma visita para constatar as condições de trabalho, disse que o hospital diocesano passa a ser uma unidade orçamentada para dar resposta positiva à materialização do programa da municipalização dos serviços de saúde que está a ser feita pelo Ministério.
A directora clínica da unidade ligada à igreja católica, madre Teresa Lopez, de nacionalidade espanhola, disse que o hospital atende pacientes provenientes de várias regiões do país e é abastecido com medicamentos fornecidos pelo sector estatal da saúde e por vários parceiros. Para melhor servir os pacientes, a unidade hospitalar empreende obras de ampliação nas áreas de internamento.
 “A falta de técnicos de saúde e novos meios de transporte constitui uma das grandes preocupações no referido hospital”, lamentou a responsável da unidade hospitalar.
No mês de Dezembro está previsto a entrada em funcionamento do hospital municipal do Cubal, uma unidade hospitalar que vai atender 1.200 pacientes por dia e que aguarda  o seu apetrechamento.

Tempo

Multimédia