Províncias

Enxurrada danifica sistema de comunicação radiofónica

Chuvas torrenciais, acompanhadas de granizo e descargas eléctricas, danificaram, no município da Ganda, em Benguela, o sistema de comunicação acoplado à Internet do Centro de Produção Radiofónica do Grupo Rádio Nacional de Angola.

A emissão de alguns programas radiofónicos é feita neste momento com restrições
Fotografia: Jornal de Angola

Chuvas torrenciais, acompanhadas de granizo e descargas eléctricas, danificaram, no município da Ganda, em Benguela, o sistema de comunicação acoplado à Internet do Centro de Produção Radiofónica do Grupo Rádio Nacional de Angola.
O responsável do centro, Geraldo Jeremias, disse que um relâmpago danificou também a placa do sistema de acumulação de distribuição da energia eléctrica do estúdio do centro emissor.
O responsável realçou que, como consequência, a emissão de alguns programas efectua-se neste momento com restrições.
Na sede municipal, três escolas do ensino primário e sete casas do bairro da Maia ficaram sem cobertura, devido às fortes chuvas, acompanhadas de ventania.  O chefe da administração municipal para a área comunitária, Bonifácio Kadundy, disse à Angop que os dados disponíveis são ainda provisórios, estando uma equipa a trabalhar no terreno.
No município de Caimbambo, 116 quilómetros a sudeste da cidade de Benguela, 15 casas e a Igreja Evangélica Congregacional ficaram sem tecto, em consequência de fortes ventos.
O pastor da Igreja, Abraão Quinda Tchinpina, disse que a força da tempestade destruiu o tecto metálico do imóvel, que se encontrava em fase de acabamento.  Alguns fiéis, que afluíram ao local, disseram que a estrutura do tecto foi aplicada sem observância de normas de construção civil.
A Igreja Evangélica Congregacional de Angola foi instalada no município de Caimbambo, província de Benguela,  em 2002.

Tempo

Multimédia