Províncias

Escolas da província com mais qualidade

Mais de 70 professores das escolas do I e II ciclos do ensino secundário de Benguela participam, desde o dia 13 de Fevereiro e até hoje, numa acção de formação na disciplina da língua inglesa.

Formação abrange escolas do I e II ciclos
Fotografia: Adérito Cortez

Mais de 70 professores das escolas do I e II ciclos do ensino secundário de Benguela participam, desde o dia 13 de Fevereiro e até hoje, numa acção de formação na disciplina da língua inglesa.
A formação é promovida pela Direcção Provincial da Educação, em parceria com o Centro Andap House College e faz parte da execução da Lei de Bases da Reforma Educativa, visando melhorar as práticas metodológicas de ensino da língua inglesa e aumentar o nível de qualidade pedagógica no seio dos professores.
Durante a formação, os participantes recebem conhecimentos da língua inglesa nos seis módulos de ensino, garantiu o chefe da repartição municipal da Educação do lobito, Lino Passassí.
A formação conta com o apoio da Embaixada dos Estados Unidos da América e do Conselho Britânico. Lino Passassí referiu que a acção serve também para a uniformização da disciplina da língua inglesa nas escolas e para melhorar o método e o nível de ensino.
Com este pacote de formação cumpre-se uma das orientações do sector da Educação no melhoramento da qualidade dos docentes em língua inglesa.
Cirilo Kangoti, coordenador da formação, salientou que uma das grandes novidades da actual formação consiste na aplicação de novos métodos da língua inglesa, que garantem o aumento da qualidade no sistema de ensino, para alcance dos Objectivos do Milénio.
O curso visa qualificar os professores da disciplina de língua inglesa em áreas de natureza pedagógica e didáctica, no ensino primário, I e II ciclos do ensino secundário, como forma de facilitar uma melhor correspondência e o aumento significativo das suas habilidades profissionais e contribuir para o engrandecimento da reforma educativa, segundo Cirilo Kangoti.
A formação decorre na escola major Sady Mingas, no município do Lobito, e participam professores das escolas do Lobito, Catumbela, Bocoio e Balombo.

Tempo

Multimédia