Províncias

Estrada Lobito-Benguela tem novo posto de combustíveis

Maximiliano Filipe | Benguela

Uma bomba de combustíveis com estação de serviço que vai trabalhar de forma ininterrupta entrou em funcionamento desde o último fim-de-semana na vila da Catumbela.

A nova bomba de combustível tem capacidade para atender 700 viaturas por dia
Fotografia: Kinhdala Manuel

Uma bomba de combustíveis com estação de serviço que vai trabalhar de forma ininterrupta entrou em funcionamento desde o último fim-de-semana na vila da Catumbela.
Com capacidade para atender 700 viaturas por dia, a bomba tem 12 posições de abastecimento, seis para viaturas ligeiras e as outras destinadas a carros pesados e motorizadas. O empreendimento pertence à Pumangol, uma empresa resultante de uma parceria desenvolvida entre a petrolífera “Puma Energy Internacional” e parceiros angolanos.
O posto de abastecimento ocupa uma área total de 3,800 metros quadrados, 160 dos quais ocupados pela “Loja super 7 Express”. Para garantir o funcionamento da bomba e da estação de serviço foram contratados 450 trabalhadores, todos formados no centro de treino criado pela Pumangol.
O presidente da Pumangol, Paul Edwards, afirmou que já estão criadas sete estruturas do género, cinco das quais em Luanda, nas zonas do Km 30, no município do Kilamba Kiaxi, Panguila, Camama II e no Projecto Nova Vida. O sexto está localizado na cidade de Porto Aboim, no Kwanza-Sul. Paul Edwards informou que até ao final de 2010, a empresa pretende instalar 17 postos no país, no sentido de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população e melhorar o circuito de distribuição e comercialização dos derivados do petróleo, com a oferta de uma melhor prestação de serviços de lavagem e lubrificação de viaturas. O presidente da Pumangol acrescentou que os clientes podem igualmente desfrutar dos serviços da loja de conveniência “Super 7 Express”, ligada à estação de serviço e bomba de combustíveis, onde estão disponíveis produtos alimentares, bebidas, artigos de lazer, jornais e revistas.
Para Paul Edwards disse que o principal compromisso da Pumangol para com o povo angolano no presente e no futuro é estender as suas acções a todas as províncias, através de uma rede completa de postos de abastecimento modernos e adaptados às necessidades locais.
De referir que a Pumangol actua igualmente noutras regiões de África, América Latina, Caraíbas, países bálticos, Médio Oriente e na Ásia.
 
Automobilistas satisfeitos

Manuel Cafingi faz serviço de táxi na via entre o Lobito e Benguela, disse ao Jornal de Angola que a nova bomba vai facilitar o seu trabalho, por isso está satisfeito pelo surgimento deste serviço.
Quanto à nova tabela de combustíveis, o taxista disse que não teve problemas. A mesma opinião foi exprimida pelo automobilista Jerónimo André, residente em Benguela.
O taxista disse estar preocupado com os casos de especulação dos preços dos combustíveis nos bairros, quando as bombas não dispõem do produto.  Jerónimo André disse que são necessárias brigadas de fiscalização da administração municipal, Polícia Económica e INADEC, para intensificarem a sua acção nos locais onde se revendem combustíveis.
O camionista Albertino Miguel, que condenou a subida da tarifa dos táxis pelo aumento do preço dos combustíveis, disse que é necessário garantir regularidade no abastecimento das bombas para que os especuladores tenham menos clientes, ao longo da via que foi recentemente reabilitada, para facilitar a livre circulação.

Tempo

Multimédia