Províncias

Falta de afixação de listas condiciona início de aulas

A falta de afixação de listas nominais dos alunos está a condicionar o início das aulas, previstas para segunda-feira, em algumas escolas do município de Benguela, província com o mesmo nome.

A falta de afixação de listas nominais dos alunos está a condicionar o início das aulas, previstas para segunda-feira, em algumas escolas do município de Benguela, província com o mesmo nome.
Numa ronda feita pela Angop, constatou-se uma presença massiva de alunos e professores em algumas escolas do primeiro nível e do primeiro ciclo, enquanto noutras aguarda-se pela afixação das listas nominais.
A Angop apurou também que nas escolas do primeiro ciclo Augusto Chipenda e o Colégio Angolano, bem como no ensino pré-universitário, as listas não foram afixadas na devida altura devido à organização do processo de novos alunos provenientes do liceu “Comandante Cassanje”.
Na escola do primeiro ciclo “10 de Fevereiro”, a sua directora, Filomena Pascoal, disse que o primeiro dia de aulas foi como o previsto, porque os alunos estudaram e foi notável a presença dos professores.
A abertura do ano lectivo na província decorreu no passado dia 1 do mês em curso, no município do Bocoio, 102 quilómetros a nordeste da cidade de Benguela, em acto presidido pelo director provincial da Educação, Joaquim Pinheiro.

Tempo

Multimédia