Províncias

Gestores do Lobito e Luanda fazem troca de experiências

Jesus Silva | Lobito

Os responsáveis das cidades do Lobito e de Luanda vão estar reunidos, entre os dias 15 e 19 deste mês, na primeira localidade do país, para troca de experiências no domínio do ordenamento urbano.

Pormenor da cidade de Luanda
Fotografia: Santos Pedro|Edições Novembro

O administrador municipal do Lobito, Alberto Ngongo, que anunciou o facto, disse que os membros da Comissão Administrativa de Luanda pretendem constatar a experiência da localidade da província de Benguela sobre as melhores estratégias de comparticipação dos munícipes no que diz respeito ao saneamento básico e à fiscalização das praias.
O administrador do Lobito explicou que as autoridades municipais locais vão transmitir aos gestores de Luanda experiências para o sucesso que se regista com as campanhas de limpeza e de recolha do lixo, acções que contam com o grande envolvimento das comunidades.
No âmbito da organização e identificação dos trabalhos de saneamento, o administradoe Alberto Ngongo referiu que os auxiliares de limpeza, distribuídos pelas principais artérias da cidade, vão, doravante, se  apresentar de batas brancas com  o timbre da Administração Municipal do Lobito.
O administrador municipal do Lobito deu a conhecer que contactos estão a ser encetados junto do Comando Provincial da Polícia de Benguela e de outros órgãos da Justiça, para autorizarem a participação dos reclusos na limpeza da Ponta da Restinga.
Alberto Ngongo avançou que se pretende a envolvência dos reclusos nas segundas, quartas e sextas-feiras, uma contribuição que ajudará a melhorar em grande escala a imagem da zona da Restinga.
Oadministrador explicou que a comparticipação dos citadinos se cinge apenas ao pagamento às operadoras para a recolha dos contentores de lixo, mas as vias públicas vão ficar sob a alçada da Administração Municipal do Lobito.

Tempo

Multimédia