Províncias

Governador reitera apoio aos novos responsáveis

O governador de Benguela, Isaac Maria dos Anjos, conferiu posse aos seis novos directores provinciais de organismos públicos e demais responsáveis nomeados a 5 de Fevereiro, por despacho, no âmbito de um reajustamento da estrutura orgânica do Governo Provincial.

Governador de Benguela Isaac dos Anjos
Fotografia: Jaimagens

Dos novos responsáveis destacam-se Elmano Inácio Francisco, Maria do Céu Sousa e Bernabé Lemos, investidos nos cargos de directores provinciais do Ordenamento do Território, Urbanismo, Habitação e Ambiente, da Família e Promoção da Mulher e da Saúde.
Abel Máquina Mussolo, Fernando José de Assis e Desidério Francisco Dambi tomaram igualmente posse como directores provinciais da Indústria, Geologia e Minas, da Agricultura e Desenvolvimento Rural e da Comunicação Social.
António Capewa Calianguila, no cargo de administrador municipal da Ganda e Fernando Antunes Belo, que passa a responder pela pasta de administrador municipal adjunto do Cubal, foram também empossados.
Os novos responsáveis juraram fidelidade à Pátria, cooperar na realização dos fins superiores do Estado, defender os princípios fundamentais da ordem estabelecida na Constituição, respeitar e fazer respeitar as leis e dedicar ao serviço público todo o zelo, inteligência e aptidão. O governador Isaac Maria dos Anjos reiterou o total apoio aos novos responsáveis.

Benguela />
A Direcção Provincial da Saúde de Benguela prevê continuar em 2013 o programa de redução da mortalidade materno-infantil, combate à malária e grandes endemias, como VIH/SIDA, tuberculose, lepra e outras doenças.
 O coordenador da comissão de gestão da Direcção Provincial da Saúde, António Manuel Cabinda, disse que a instituição prevê contar com o apoio e envolvimento de toda a sociedade.
 “O sector deve contar com todos os membros do Conselho de Direcção restrito e alargado, para que os programas do Executivo possam cumprir-se na sua plenitude", disse.
 O sector vai fomentar em 2014 o envolvimento das autoridades, reforçar a capacidade institucional do Serviço Nacional de Saúde, particularmente as capacidades profissionais, que vão ser fortemente ampliadas para responder às necessidades crescentes postas pelos novos desafios.  A entrada em funcionamento de novas unidades sanitárias e a melhoria das condições de serviços são outras pretensões da Direcção Provincial de Saúde de Benguela.

Tempo

Multimédia