Províncias

Hospital Geral carece de doadores de sangue

Cerca de 600 transfusões de sangue são realizadas por mês no hospital Geral de Benguela, metade das quais se destinam a pessoas sem família, disse, à Angop, o chefe da hemoterapia.

Cerca de 600 transfusões de sangue são realizadas por mês no hospital Geral de Benguela, metade das quais se destinam a pessoas sem família, disse, à Angop, o chefe da hemoterapia.
Adelino Domingos, que fez a afirmação à margem de uma doação feita por militantes do comité municipal da JMPLA, no âmbito das celebrações do 55º aniversário do MPLA, assinalado sábado, salientou a importância de se criar uma associação de doadores voluntários devido à falta de sangue que se regista.
 O que temos, referiu, são os chamados doadores familiares, além de dez voluntários.
O hospital, afirmou, conta também com campanhas feitas pelo MPLA e por algumas associações religiosas.
 Avelino Domingos elogiou a iniciativa da JMPLA que, frisou, deve servir de exemplo a outras organizações de jovens.
 “É para nós mitivo de satisfação vermos os jovens animados em ajudar o hospital, doando sangeu as pessoas que, por razões óbvia, não tem grandes possibilidades. Então es gesto veio a calhar”, disse.

Tempo

Multimédia