Províncias

Inaugurados dois sistemas de abastecimento de água

O vice-governador para os serviços técnicos e infra-estruturas, Hen­rique Calengue, inaugurou terça-feira no Balombo, 182 quilómetros a nordeste de Benguela, dois sistemas de abastecimento de água potável e dez casas sociais.

Milhares de famílias beneficiam do sistema
Fotografia: Mota Ambrósio

O vice-governador para os serviços técnicos e infra-estruturas, Hen­rique Calengue, inaugurou terça-feira no Balombo, 182 quilómetros a nordeste de Benguela, dois sistemas de abastecimento de água potável e dez casas sociais.
 Os sistemas de água, localizados nas localidades de Hungulo e no bairro 4 de Abril, vão beneficiar 6.500 consumidores.
Na mesma localidade, Henrique Calengue inaugurou também uma vala de irrigação na povoação de Chico da Waith, que vai beneficiar mais de 1.770 famílias directamente e um jango comunitário na sede da comuna do Chingongo. 
O vice-governador inaugurou de igual modo dez casas sociais construídas no âmbito do programa de Investimentos Públicos, destinadas aos quadros do município. O vice-governador constatou o grau de execução física das restantes dez residências sociais, da residência do regedor do município e das 100 casas evolutivas na sede municipal.
 As obras do jango comunitário, de uma escola com seis salas e da residência do comandante da Polícia na comuna do Maca-Mombolo e do Centro de Saúde na sede da comuna do Chingongo foram visitadas pelo vice-governador.
 Acto similar decorreu no município do Cubal, onde mais de 500 populares da localidade de Balambe, povoação de Jerequete, consomem desde sexta-feira água potável com a entrada em funcionamento do sistema de distribuição, no âmbito do programa “Água para todos”.O sistema de água inaugurado pelo administrador municipal do Cubal, António Saraiva, tem capacidade de atender mais de três mil usuários e está enquadrado no programa de erradicação da pobreza. Comporta um tanque reservatório de cinco mil litros, lavandarias, área de acarretar água, uma bomba de 2,5 metros cúbicos hora e é alimentado por uma placa solar.
A localidade de Balambe situa-se 16 quilómetros a norte da sede do Cubal.

Tempo

Multimédia