Províncias

Lobito com orçamento para merenda escolar

Jesus Silva | Lobito

Os alunos do município do Lobito, principalmente os das escolas da zona alta da cidade e as situadas em áreas recônditas, vão, no ano lectivo que começa em breve, beneficiar de merenda escolar, estando já o orçamento aprovado, segundo Biline Lopes, chefe da Repartição Municipal da Educação.

Fotografia: DR

Ainda de acordo com Biline Lopes, foram identificadas e seleccionadas as escolas mais vulneráveis nas comunas e povoações do interior do Lobito, nomeadamente Canjala, Colango, Egipto-Praia e Hanha do Norte, onde o risco de desistência é maior, bem como algumas da sede do município.
“O projecto “merenda escolar”, em função dos objectivos do Executivo, só será bem sucedido se conseguirmos servir o suplemento alimentar até ao dia da realização das provas finais, de modo a evitar a desistência dos alunos, principalmente no interior do município do Lobito, onde muitas crianças são obrigadas pelos familiares a realizar trabalhos nos campos agrícolas e na pastorícia”,disse Biline Lopes.
Biline Lopes informou estar em curso um projecto de recuperação de carteiras e cadeiras, uma vez que o mercado não é ainda favorável à aquisição daquele material novo. O chefe da Repartição Municipal da Educação garantiu, entretanto, que a escola da Nova Centralidade do Lobito, com 18 salas de aula, está apetrechada com carteiras novas.
“A descentralização e municipalização dos serviços vão permitir arrecadar mais receitas para o município, fazendo com que ao nível da administração haja mais apoio, fundamentalmente para as escolas do 1.º ciclo, o que vai proporcionar melhores condições de acomodação dos alunos e da  qualidade do processo de ensino e aprendizagem”, concluiu Biline Lopes.

Tempo

Multimédia