Províncias

Maioria da população tem água potável

Sampaio Júnior e António Gonçalves | Benguela

O governador provincial de Benguela, Isaac Maria dos Anjos, afirmou que a maioria da população consome água potável.

Mais pessoas com acesso à água potável
Fotografia: JAIMAGENS

 

O Plano de Desenvolvimento Estratégico de Benguela, no que diz respeito às águas, registou grandes melhorias na produção e distribuição nas principais cidades do litoral, onde cada consumidor tem água 24 horas ao dia, sem grandes anomalias.
O Programa "Água para Todos" em curso no país está a melhorar a qualidade de vida no meio rural, com a produção por intermédio de furos, que é submetida a tratamento e posteriormente distribuída à população.
O governador disse que foram instalados centenas de sistemas de furos para captar água e construídos vários fontanários nas localidades mais recônditas, o que contribuiu para que se aumente a quantidade de água produzida e distribuída, assim como conferir maior segurança e saúde às comunidades rurais.
O objectivo é construir sistemas de abastecimento e de redes de distribuição, melhorar e expandir os processos de saneamento, com vista a reduzir as distâncias das populações no acesso à água e assegurar uma gestão das infra-estruturas instaladas.
Quanto à energia, até finais deste ano o produto é uma realidade em muitas partes da província, com a conclusão da montagem dos postes de alta tensão, que vão transportar a luz eléctrica da barragem hidroeléctrica de Lomaum. O Executivo aprovou um programa de acções que visam assegurar ligações às subestações, reforçar e expandir as redes de transporte, executar ligamentos de ramais em locais de referência e melhorar a iluminação pública.
 O loteamento e distribuição de terrenos aos munícipes, com prioridade aos jovens e funcionários públicos, para autoconstrução dirigida, e a edificação de casas sociais em todos os municípios e comunas estão entre as prioridades do Governo de Benguela.O governador manifestou-se preocupado com a sinistralidade rodoviária registada nas estradas nacionais, uma vez que Benguela é das províncias com maior número de acidentes.

Governo constrói estradas

O governador provincial de Benguela afirmou que as autoridades vão continuar a envidar todos os esforços para transformar os bairros da periferia da capital, com uma forte aposta na melhoria das estradas na cidade.
Isaac dos Anjos acrescentou que o Governo vai continuar a criar mais empreendimentos públicos e abrir espaços aos privados fora do centro da cidade, com vista a aumentar a mobilidade e a rede de transportes públicos, o acesso ao ensino, aos serviços sanitários, entre outros, para mudar a imagem dos bairros. Os empresários que queiram investir na área dos transportes públicos devem perceber que não basta colocar na estrada um meio rolante e chamá-lo transporte público, mas apostarem igualmente na regularidade deste serviço, correspondendo à programação de vida dos membros das comunidades.
O Governo Provincial de Benguela precisa da participação dos munícipes para que os bairros ganhem outra dinâmica e sejam bons lugares para se viver.
As necessidades da população são maiores que a capacidade de resolução dos problemas por parte do Governo e por isso espera-se uma melhor compreensão das prioridades.
“Não temos capacidade, como Governo, de andar mais depressa do que as vossas necessidades, porque ultrapassam a nossa capacidade de acompanhar-vos”, referiu o governador, para quem é possível fazer-se muito mais, desde que as comunidades contribuam, participem e colaborem.

Tempo

Multimédia