Províncias

Mais atenção aos filhos

Maximiano Filipe| Benguela

Os pais e encarregados de educação devem saber escolher os momentos adequados para que os filhos se ocupem das tarefas escolares e da leitura de livros, disse, em Benguela, o coordenador provincial do Movimento Shalom, organização juvenil afecta à Igreja Católica, Graciano Catumbela.

Pais devem acompanhar o percurso escolar
Fotografia: João Gomes

"Os pais e encarregados de educação devem saber separar as águas, definindo os momentos para os trabalhos escolares, para a leitura avulsa ou do uso de equipamentos electrónicos de entretenimento."
Graciano Catumblela,  que falava durante o encerramento da jornada alusiva ao Dia Mundial do Livro e dos Direitos do Autor, que decorreu até 5 de Maio,  na cidade de Benguela, disse que “o livro é um instrumento fundamental na instrução e construção do cidadão".
Graciano Catumbela elogiou o Executivo angolano por   distribuir gratuitamente  manuais escolares para todas as crianças que frequentam o ensino.
Sublinhou também que as acções desenvolvidas pelo Governo no domínio da educação e cultura têm servido  como elementos catalisadores para a construção de uma sociedade de valores.  "É com um melhor acompanhamento da família e a leitura de bons livros que o país vai continuar a ter crianças, adolescentes e jovens capazes de cultivar o hábito e o espírito de respeito para com o próximo, respeitar as leis e outras normas de convivência em sociedade, e com isso promover a estabilidade e reconciliação nacional", frisou.
 Durante os 13 dias das jornadas do Dia Mundial do livro realizou-se no jardim do Largo de África, em Benguela, uma feira do livro.

Tempo

Multimédia