Províncias

Mais de 200 bilhetes emitidos em dois dias

Maximiano Filipe

Os serviços de identificação civil, afectos ao Ministério da Justiça, emitiram em Benguela, nos dias 9 e 10 de Janeiro, duzentos e cinquenta novos bilhetes de identidade, cujos beneficiários têm idades compreendidas entre os 15 aos 52 anos.

População com mais facilidade de tratar documentos
Fotografia: Eduardo Cunha | Edições Novembro

De acordo com o responsável do sector, Celestino Kanguanda, “o resultado positivo é fruto das condições de trabalho existentes no local, que constituem elemento básico que tem motivado os quadros a dinamizar os serviços”.
“Outra novidade é o facto do governo local ter superado o problema da falta de energia eléctrica. Hoje já não se registam apagões em Benguela, visto que o fornecimento é feito 24 sobre 24 horas. Esta realidade tem facilitado de forma significativa a celeridade na execução de vários serviços”, sublinhou Celestino Kanguanda.
Durante o período em referência, acrescentou, foram também tratados mais de 100 registos criminais.
Em termos de perspectivas, Celestino Kanguanda disse que o grande desafio consiste em continuar a desenvolver um processo de atendimento que decorra com normalidade, bem como prestar atenção personalizada aos cidadãos que procuram pelos serviços da Justiça.
Os idosos, mulheres grávidas e mães que transportam menores de idade continuarão a merecer um atendimento prioritário a nível da instituição, que, desde o passado dia 2, já emitiu mais de mil bilhetes de identidade.

Tempo

Multimédia