Províncias

Mais moradias em Benguela

Maximiano Filipe | Benguela

O director provincial de Benguela do Urbanismo e Habitação, Zacarias Camwenho, disse quarta-feita, durante uma conferência de imprensa, que pelo menos 50.060 casas sociais são construídas na província, até final de 2014, no âmbito do programa do Executivo de combate à pobreza.

O director provincial de Benguela do Urbanismo e Habitação, Zacarias Camwenho, disse quarta-feita, durante uma conferência de imprensa, que pelo menos 50.060 casas sociais são construídas na província, até final de 2014, no âmbito do programa do Executivo de combate à pobreza.
O programa de fomento habitacional, acrescentou, contempla a construção de edifícios públicos, privados e auto-construção dirigida, envolvendo uma cooperação com empresários que operam na área da construção civil.
O director provincial do Urbanismo e Habitação disse que questões ligadas à preperação dos espaços de construção estão já acauteladas, no sentido de se evitarem quaisquer constrangimentos.
Zacarias Kamwenho acrescentou que um programa de construção anterior a este, inserido num projecto público urbanístico que previa a construção de 4.150 casas, em 2009, foi superado em muito, com um aumento de dez mil casas, a serem construídas nos quatro municípios do litoral da província.
O responsável esclareceu que um programa de construção de 200 fogos habitacionais teve início em 2011, em todas as sedes municipais da província de Benguela.

Tempo

Multimédia