Províncias

Mangas para vacinação melhoradas no Balombo

Mangas para a vacinação do gado bovino estão a ser reconstruídas, no município do Balombo, 182 quilómetros a nordeste da cidade de Benguela, pelos criadores locais.

Gado vai ser vacinado em Benguela
Fotografia: Jornal de Angola

Mangas para a vacinação do gado bovino estão a ser reconstruídas, no município do Balombo, 182 quilómetros a nordeste da cidade de Benguela, pelos criadores locais. O chefe de Secção dos Serviços de Veterinária e Pecuária, Alcides Daniel Marinho, disse que a reconstrução de 52 mangas visa garantir a campanha de vacinação bovina na região, com início previsto para a segunda quinzena de Abril.
 As 52 mangas estão a ser preparadas pelos criadores de gado bovino do município que se comprometeram a reconstruí-las no prazo de três semanas e construir outras em localidades onde não existam.
 Alcides Daniel revelou que na campanha de vacinação contra as principais patologias bovinas, como peripneumonia contagiosa bovina, carbúnculo hemático e dermatite nodular, vão ser vacinados mais de oito mil bovinos contra os seis mil vacinados durante a actividade de 2011.
 As doses das três vacinas e a logística (transporte e alimentação), salientou, vão ser asseguradas pela administração local e pela Direcção provincial da Agricultura.
 De Abril de 2011 a Março do corrente ano, os Serviços de Veterináriada província  notificaram apenas a morte de um bovino na comuna do Chindumbo, por peripneumonia contagiosa.
 Uma vala de irrigação com uma extensão de 600 metros está a ser reconstruída desde a semana passada na povoação do Chico da Waith, 15 quilómetros da sede do município do Balombo, pela Administração Municipal, com vista a potenciar a prática da agricultura todo o ano.
O administrador municipal, Júlio da Silva Kwanza Santos, disse que numa primeira fase está a ser erguido o dique no rio Cavava e posteriormente sé feita a reabilitação da vala, que permite irrigar 85 hectares de terras cultiváveis.
Júlio da Silva Kwanza referiu que o projecto vai beneficiar num futuro próximo mais de 120 famílias camponesas daquela povoação potencialmente agrícola. Outras valas vão ser igualmente reabilitadas em todo o município, logo que os técnicos da Estação de Desenvolvimento Agrário terminem a identificação das valas existentes em cada comuna e respectivas áreas de irrigação.

Tempo

Multimédia