Províncias

Pagamento dos subsídios

O chefe da repartição municipal de Educação, Ciência e Tecnologia de Benguela garantiu que o Executivo está a pagar os subsídios aos alfabetizadores dentro dos prazos regulamentares.

José Januário afirmou que, apesar das contrariedades que tem havido, o Executivo está empenhado em resolver, de forma gradual, esta. Por isso, pediu aos alfabetizadores para continuarem empenhados na luta contra o analfabetismo.Neste momento, frequentam as aulas, só no bairro da Seta, nos arredores da cidade de Benguela, mais de dois mil alfabetizandos, distribuídos por 34 turmas nos módulos 1, 2 e 3, assim como no “Sim eu Posso”. Os dois módulos do programa de alfabetização estão a ser ministrados em parceria com a Caritas de Angola e outros organismos das igrejas Católica, Adventista do Sétimo Dia, Pentecostal e Tocoísta e pelo centro comunitário da Damba Maria, Organização da Mulher Angolana (OMA), Forças Armadas (FAA) e do Ministério do Interior. O programa, que abrange as vendedoras ambulantes em toda a região do município de Benguela, está a ser ainda levado às zonas de difícil acesso.

Tempo

Multimédia