Províncias

Primeiras casas evolutivas são concluídas

As 50 casas evolutivas do município da Catumbela, província de Benguela, estão prontas em 10 de Agosto e podem ser inauguradas entre os dias 15 e 24 do mesmo mês, disse um dos responsáveis da empresa construtora.

Executivo aposta em obras sociais
Fotografia: Eunice Suzana

As 50 casas evolutivas do município da Catumbela, província de Benguela, estão prontas em 10 de Agosto e podem ser inauguradas entre os dias 15 e 24 do mesmo mês, disse um dos responsáveis da empresa construtora.
As casas situam-se na comuna da Gama, onde estão também a ser construídos escolas, postos de Polícia e habitações para entidades administrativas.
A residencias em construção vão mudar a imagem do município, de Catumbela disse a administradora, Alice Pascoal que mostra-se óptimista quando ao desenvolvimento da localidade.
“O governo está empenhado na busca de soluções para melhorar a vida das populações, mas para isso é necessário o apoio de todos para que os projectos sejam concretizados com êxitos”, sustentou.
Catumbela, antiga comuna do Lobito, elevada à categoria de município em Outubro do ano passado por decreto-lei nº32/10, tem mais de 224 mil habitantes.
O município de Catumbela é constituído pelas comunas de Gama, Biópio, Praia-Bebé. Alice Pascoal é a ministradora municipal e Luís Gonzaga, o adjunto.

Tempo

Multimédia