Províncias

Processo de registo civil melhora nos municípios

Maximiliano Filipe | Benguela

A massificação do registo civil de menores e a atribuição do Bilhete de Identidade constam das prioridades programadas para o segundo semestre deste ano, disse ontem o administrador municipal de Benguela.

Constrangimentos na aquisição de qualquer documento vão fazer parte do passado
Fotografia: João Gomes

O administrador municipal  falava no final de uma visita às localidades de Utomba, Mina e Capilongo, para avaliar o andamento das infra-estruturas sociais básicas do Programa de Desenvolvimento municipal.
 Leopoldo Muhongo considerou que brevemente os constrangimentos na aquisição de qualquer documento vão fazer parte do passado.
 “Acções de sensibilização e de educação sobre cidadania são realizadas pelos profissionais dos serviços de Registo Civil e Identificação em diversas localidades do município de Benguela.” Nos próximos tempos, a população  beneficia  de uma melhor qualidade dos serviços disponíveis nas   instituições de registos, com maior celeridade, num clima de atendimento personalizado, explicou Leopoldo Muhongo  que advertiu a população para o cumprimento das leis e normas em vigor, no âmbito da promoção do espírito de cidadania e patriotismo.
O chefe do departamento de identificação provincial de Benguela, Celestino Canguanda, disse que tem havido controlo apertado de tentativas de cidadãos estrangeiros  subornarem funcionários dos serviços de identificação para a aquisição de documentos por vias ilegais.
“Maioritariamente são cidadãos que, por pretenderem permanecer no país por mais tempo ou para adquirirem a nacionalidade angolana, optam pelo suborno”, informou Celestino Canguanda, que precisou que mais de uma centena de Bilhetes de Identidade e de certificados de registo criminal foram passados  com  qualidade, eficácia e celeridade nos últimos tempos, nos serviços de registos municipais de Benguela.

Tempo

Multimédia