Províncias

Produção de vinha começa em breve

António Gonçalves | Benguela

A comuna da Equimina, no município da Baía Farta, província de Benguela, prevê produzir, em breve, três mil toneladas de vinha para a produção anual de vinhos.

A prudução de uvas tende a aumentar
Fotografia: Afp

De acordo com o director-geral do Projecto “Terra do Futuro”, Edgar Somacumbi, a sua empresa pretende com este projecto fomentar a produção de vinha e uvas.
O que se pretende é levar a produção da vinha para a Equimina, dentro de um pacote de integração social de vários produtores a nível da região central do país.
Já foram já realizados alguns encontros com um total de 30 interessados na produção da vinha. A partir do próximo ano, iniciam-se as actividades de instalação dos campos de produção da vinha a favor dos beneficiários já inscritos.
Estão disponíveis para cultivo um total de 300 hectares, com um sistema de irrigação gota-gota e o campo de ensaio possui 14 variedades de vinha. Pelos indicadores conseguidos, Edgar Somacumbi diz que a previsão de produção situa-se acima das dez toneladas por hectare.
Dos ensaios feitos no Kwanza-Sul, Huambo e Benguela, a escolha recaiu na Equimina, em Benguela, por possuir condições apropriadas para o referido cultivo.

Tempo

Multimédia