Províncias

Professores dispostos a ensinar

Mais de 200 jovens que concluíram, este ano, os cursos na Escola de Formação de Professores do Lobito manifestaram, na sexta-feira, em comunicado, disponibilidade em trabalhar em qualquer ponto do país.

Mais de 200 jovens que concluíram, este ano, os cursos na Escola de Formação de Professores do Lobito manifestaram, na sexta-feira, em comunicado, disponibilidade em trabalhar em qualquer ponto do país.
Os jovens, formados nas especialidades de História/geografia, matemática/física,biologia/química e língua inglesa, dizem esperar  pela realização de concursos público ou que sejam convidados por instituições de educação e ensino para transmitirem os conhecimentos adquiridos nos cinco anos de formação.
Estêvão Nhime, director da Escola de Formação dos Professores, fundada  em 1978, afirmou que os recém-formados, durante as aulas práticas, sempre demonstraram capacidade de transmitir os seus conhecimentos.
O director da Educação em Benguela, Joaquim Pinheiro, pediu aos jovens que estejam prontos a contribuírem onde forem necessários.

Tempo

Multimédia