Províncias

Protocolo para formação dos ex-militares e seus filhos

O director provincial de Benguela dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Jorge Damião, afirmou na sexta-feira que a sua instituição pretende criar um protocolo com a Universidade Katyavala Bwila, para a formação académica dos filhos dos ex-militares.

O director provincial de Benguela dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Jorge Damião, afirmou na sexta-feira que a sua instituição pretende criar um protocolo com a Universidade Katyavala Bwila, para a formação académica dos filhos dos ex-militares.
O responsável salientou que o acordo, que se prevê estabelecer também com outras instituições de ensino, vai beneficiarigualmente os antigos combatentes.
 Jorge Damião não especificou os pormenores do protocolo, nem se  a ideia já tem a anuência da Universidade Katyavala Bwila. A direcção dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria em Benguela tem 10.931 associados.

Tempo

Multimédia