Províncias

Salientada a importância do registo civil

O chefe dos Serviços de Registos na província de Benguela salientou na terça-feira, num encontro com membros do Conselho de Auscultação da Ganda, a importância das crianças serem registadas para poderem posteriormente ter os documentos de que vierem a precisar.

José Mota  referiu na mesma altura que, pelas mesmas razões, os adultos ainda não  registados o devem fazer com a máxima  urgência.
O responsável dos Serviços de Registos na província afirmou que o objectivo é que todos os angolanos sejam registados, de preferência logo à nascença, pelo que está a ensinar as parteiras tradicionais a preencherem fichas destinadas a uma base de dados.
“Estamos a trabalhar no sentido de podermos registar o maior número de pessoas. Reconhecemos que não vai ser uma tarefa nada fácil, mas acreditamos, que com a colaração de todos, será possível atingirmos os nossos objectivos”, disse.Também recordou que os registos de nascimento e assentamento, bem como o primeiro Bilhete de Identidade estão isentos de pagamento.
José Mota disse que os funcionários dos Serviços de Identificação Civil têm de estar atentos a falsas declarações nos actos de registo civil .
“O programa do Executivo prevê em todo o país o registo de nascimento e a atribuição do Bilhete de Identidade a oito milhões de angolanos”, declarou.

Tempo

Multimédia