Províncias

Saúde e educação registam melhorias

Os sobas do município do Balombo, 182 quilómetros a nordeste da cidade de Benguela, reconheceram o crescimento socioeconómico do município, alcançado durante os dez anos de paz no país.

Os sobas do município do Balombo, 182 quilómetros a nordeste da cidade de Benguela, reconheceram o crescimento socioeconómico do município, alcançado durante os dez anos de paz no país.
 Filipe Faustino, soba da sede do município, Vasco Paulo, da comuna do Chingongo, e Paulo Pedro Braz, do Chindumbo, afirmaram que a paz permitiu melhorar a reabilitação das vias de acesso, construção de escolas e de centros e postos de saúde para o atendimento às populações. Os sobas disseram que a paz permitiu a instalação dos sistemas de produção, tratamento e distribuição de água potável, o fornecimento de energia eléctrica, a extensão do ensino secundário e universitário no município.
O soba Vasco Paulo referiu que na comuna do Chingongo foi construído um posto policial e a residência do comandante dez casas para os professores e enfermeiros na região. O soba da comuna do Chindumbo reconheceu igualmente os benefícios alcançados pela paz, lamentou apenas a falta do sinal das operadoras de telefonia móvel, devido à localização geográfica da sua comuna. “Os habitantes ainda enfrentam dificuldades para comunicarem com outras localidades e solicito às entidades ligadas ao sector para reverem a situação”, frisou o soba.

Tempo

Multimédia