Províncias

Técnicos de enfermagem participam em formação

António Gonçalves|benguela

Profissionais de enfermagem de Benguela, Kwanza-Sul e Luanda participaram, de terça-feira até ontem, na primeira daquelas províncias, numa acção de formação sobre os cuidados a ter no desempenho das funções.

Parte dos enfermeiros em formação
Fotografia: António Gonçalves

Profissionais de enfermagem de Benguela, Kwanza-Sul e Luanda participaram, de terça-feira até ontem, na primeira daquelas províncias, numa acção de formação sobre os cuidados a ter no desempenho das funções.
A acção, em que foram tratados, entre outros, assuntos ligados à indemnização por acidentes e doenças profissionais, teve como base o projecto “cuidar dos que cuidam”, criado, em 2004, em Angola, pela rede nacional de pessoas que vivem com Sida (RENSIDA), que começou a ser dinamizado nas províncias da Huíla e Cunene.
A vice-presidente da Associação Nacional dos Enfermeiros de Angola (ANEA) afirmou que o projecto surgiu como estratégia para a redução de risco de contágio entre os profissionais de saúde, em particular os enfermeiros.
A acção de formação, referiu Judite Venâncio, inseriu-se no projecto da rede de enfermeiros e de parteiras da África Austral destinado a melhorar a disponibilidade de equipamentos e de outros materiais de protecção contra o HIV/SIDA no local de trabalho.
A vice-presidente da ANEA, que disse que todos os profissionais de enfermagem estão sujeitos a contrair o HIV/SIDA e outras enfermidades, revelou que muitos deles sofrem de doenças graves devido a acidentes de trabalho e que a maioria não foi indemnizada.
O vice-governador de Benguela para a área política e social, Eliseu Domingos, lembrou que as províncias que estiveram representadas na acção de formação têm características endémicas semelhantes, pelo que devem ser feitos todos esforços para combater os principais problemas da saúde na região.
As jornadas estão a ser realizadas, igualmente, no Huambo, no Cunene e em Malange. No primeiro caso, participam também profissionais do Kuando-Kubango e do Bié, no segundo, da Huíla e Namibe e no terceiro, da Lunda-Norte, Lunda-Sul Sul e Moxico.

 

Tempo

Multimédia