Províncias

Técnicos em biossegurança são formados em Benguela

Maximiano Filipe | Benguela

Técnicos e quadros das unidades sanitárias de referência da província de Benguela actualizaram-se em matéria de biossegurança no trabalho, num programa de formação organizado pela direcção provincial da Saúde, virado para a uniformização de conhecimentos no âmbito da municipalização dos serviços de saúde.

Ministradas técnicas de gestão de risco
Fotografia: DR

Técnicos e quadros das unidades sanitárias de referência da província de Benguela actualizaram-se em matéria de biossegurança no trabalho, num programa de formação organizado pela direcção provincial da Saúde, virado para a uniformização de conhecimentos no âmbito da municipalização dos serviços de saúde.
Além de questões relacionadas com a biossegurança no Hospital Geral de Benguela, infecção hospitalar e biossegurança baseada em evidências, além da aplicabilidade do regulamento de biossegurança, os técnicos aperfeiçoam conhecimentos sobre as estratégias e gestão do controlo de riscos, exposição a material biológico e tuberculose.
Foram ainda apresentadas propostas de melhoria em biossegurança para o ano de 2012 no Hospital Geral de Benguela.
O chefe do departamento provincial de controlo de endemias, Manuel Cabinda, sublinhou que os profissionais do sector passaram a estar mais capazes de corresponder aos desafios que o plano geral da municipalização dos serviços de saúde impõe. A acção formativa reuniu 70 representantes da direcção provincial da Saúde, comité técnico de biossegurança, chefes de secções das unidades sanitárias, responsáveis das enfermarias e do Hospital Provincial de Benguela.

Tempo

Multimédia