Províncias

Trabalhadores recebem casas

Jesus Silva |

Quadros da função pública a trabalhar na comuna da Canjala, município do Lobito, foram contemplados com residências do tipo T-3, para proporcionar condições condignas para o desempenho da actividade profissional.

Quadros da função pública melhor acomodados
Fotografia: Eduardo Pedro | Edições Novembro

O administrador municipal do Lobito, procedeu a entrega das residências aos professores, técnicos da saúde e, administração, entre outros ramos de actividade que ali laboram, dando o seu contributo para a reconstrução nacional e desenvolvimento do país.
Alberto Ngongo anunciou aos beneficiários que o custo das residências, construídas num perímetro de 13 hectares, terá que ser reembolsado ao Estado, num período de cinco anos, a razão de 20.000.00 kwanzas mensais, o que vai totalizar 1 milhão e 200 mil kwanzas.
Aos beneficiários, apelou-os a conservarem as casas, cuja construção teve início em Setembro de 2011 e término em Julho de 2017, pela empreiteira Tecno-Sul, para que estas tenham durabilidade e no futuro possam servir a outros membros de família.
Moisés Chimbaka, um dos contemplados, mostrou-se bastante satisfeito com o gesto do governo e sente-se mais motivado para trabalhar em prol do desenvolvimento da localidade.

Tempo

Multimédia