Províncias

Trabalhos no canal causam corte de água

António Gonçalves | Benguela

A realização de trabalhos profundos de desassoreamento do canal do açude do rio Catumbela, em toda a sua extensão, é um dos principais factores que motivaram a Empresa de Água e Saneamento a interromper hoje, de forma total, a distribuição do produto à província de Benguela.

Fotografia: Jaimagem

A Empresa de Águas e  Saneamento de Benguela esclarece em comunicado que a interrupção, para além do desassoreamento, é motivado igualmente por trabalhos de cortes da vegetação nas bordas e interior do canal e da reposição de terra na ravina provocada pelas últimas enchentes do rio Catumbela.
A Empresa de Águas e Saneamento de Benguela refere que a limpeza da câmara de bombagem da Estação de Bombeamento de Água Bruta e a inspecção e asseio da linha de transportes de electricidade de 30 KVA são acções que concorrem para a medida. Com a referida medida, a empresa pretende melhorar o escoamento de água pelo canal, garantir o volume suficiente para o processo de produção e fornecimento contínuo do produto à população em quantidade e qualidade exigidas.
A Empresa de Águas e Saneamento de Benguela informa  que durante a interrupção total no processo de produção e distribuição de água vai ser efectuada a inspecção dos quadros eléctricos e a limpeza do poço de sucção da instituição, numa operação em que estão envolvidos mais de mil trabalhadores e máquinas pesadas.

Tempo

Multimédia