Províncias

Utilização de mosquiteiros protege a população rural

António Gonçalves | Ganda

A população rural do município da Ganda, na província de Benguela, foi aconselhada numa campanha de esclarecimento a usar o mosquiteiro tratado com insecticida de longa duração, para protecção contra a malária.

A campanha de esclarecimento levada a cabo pela organização não governamental Population Services Internacional (PSI), em parceria com a direcção provincial da Saúde, promoveu o conhecimento sobre a malária e incentivou o uso de mosquiteiros.
Representantes do Ministério da Saúde, da Administração Municipal da Ganda, de igrejas e da sociedade civil transmitiram conhecimentos e experiências de combate à doença transmitida pela picada de um mosquito infectado.
A campanha de promoção do uso de mosquiteiros, liderada pela PSI/Angola e financiada pela USAID/PMI, em colaboração com o Programa Nacional de Controlo da Malária do Ministério da Saúde, decorre em Benguela sob o lema “Sou mãe, protejo os meus bebés”.
Lançada em Novembro do ano passado, a campanha tem contribuído para a generalização do uso do mosquiteiro tratado com insecticida de longa duração por parte da população das zonas rurais e suburbanas.
A primeira fase abrange os municípios da Ganda, Cubal, Baía Farta e Caimbambo, que receberam já 24.107 mosquiteiros.
As acções de esclarecimento centram-se em visitas a locais de residência e reuniões comunitárias nas igrejas e mercados orientadas por monitores seleccionados localmente. Iniciativas semelhantes estão a decorrer nas províncias do Huambo, Malanje, Uíge e Bié, até Setembro deste ano.

Tempo

Multimédia