Províncias

BFA doa bens de primeira necessidade a idosos

José Rufino | Luena

As dificuldades do lar da 3ª idade Rainha Nhakatolo e do centro de acolhimento de crianças órfãs e desfavorecidas, afecto à Igreja Católica no Luena, província do Moxico, foram minimizadas ontem, com uma doação de bens de primeira necessidade, feita pelo Banco de Fomento de Angola.

Desfavorecidos receberam doação de vários alimentos
Fotografia: João Gomes | Edições Novembro

Da doação constam bens como fuba de milho, feijão, óleo alimentar, arroz, massa, leite, sabão, roupa usada, detergente, material escolar e bolas.
Dom Jesus Tirson Blanco mostrou-se satisfeito com o gesto do BFA, que vem mais uma vez desafogar a pressão que a igreja tem em suportar o centro de acolhimento de crianças órfãs e desfavorecidas.
“Temos tido muitas dificuldades em aguentar estes miúdos que muito precisam, porque, desde que o centro existe (2013) não contamos com nenhum apoio financeiro externo”, disse Dom Jesus Tirson Blanco.
O centro controla 46 menores de 16 anos, que recebem formação académica em diferentes escolas do ensino primário. />Por outro lado, a directora do lar de 3ª idade, Flora Kena, que também beneficiou da doação do BFA, agradeceu igualmente o gesto do Banco, sublinhando que os bens chegaram numa altura em que o lar estava assolado pela falta de bens alimentares de primeira necessidade.
Flora Kena disse que a instituição que dirige tem alimentos agora para suportar as necessidades destes primeiros meses do ano em curso, perspectivando assim dias melhores  para os idosos da província de outras regiões limítrofes que recebem assistência no Lar. 
Além da falta de bens alimentares, Flora Kena apontou também a escassez de material de limpeza, como uma das dificuldades que o lar ainda enfrenta.

Tempo

Multimédia