Províncias

Abastecimento de água mais reforçado em breve

José Chaves| Nharea

A obra que visa reforçar o sistema de abastecimento de água do município da Nharea, na província do Bié, começou ontem e está a ser muito aplaudida pela população.

Projecto melhora qualidade de vida das famílias
Fotografia: José Soares

Munícipes contactados pela nossa reportagem realçaram que o projecto vai concorrer para a melhoria da qualidade de vida e prevenção de doenças do fórum hídrico.
A cidadã Lourença Tchinhama enalteceu o gesto do Executivo, que demonstra preocupação em melhorar as condições de vida da população. Segundo disse, com a consignação e o consequente arranque da empreitada para a construção de novo sistema de captação, tratamento e abastecimento, os munícipes vão deixar de consumir água imprópria.
O regedor municipal Timóteo Severino disse que a água que se consome actualmente é propensa a doenças nas crianças,  daí a satisfação de todos pela construção de um sistema de captação, tratamento e distribuição de água potável.
Por sua vez, o administrador municipal adjunto da Nharea, Francisco Xavier, considerou o acto de consignação das obras como um ganho que vai proporcionar melhores condições de vida aos munícipes. A obra, que está a cargo da empresa chinesa Ctce,  está orçada em 20.896.339 dólares. O sistema de captação parte do rio Nduluma e terá capacidade de bombear 220 metros cúbicos por hora, numa conduta de 3.185 metros, até à Estação de Tratamento de Água (ETA). O projecto prevê 186 ligações domiciliárias, a construção de seis chafarizes e reabilitação de outros cinco.
O município da Nharea situa-se a 146 quilómetros a norte do Cuito, capital da  província do Bié, e possui uma população estimada em mais de 113.760 habitantes, na sua maioria camponeses, que se dedicam, essencialmente, ao cultivo de milho, feijão e frutas diversas, bem como à criação de animais de médio e pequeno porte, à caça e à pesca fluvial.

Tempo

Multimédia