Províncias

Aberta campanha para mobilizar activistas contra violência no género na vila do Andulo

José Chaves| Andulo

Palestras, acções de limpeza e saneamento básico em várias regiões do Andulo marcam a campanha dos 16 dias de activismo contra a violência no género, iniciada, ontem, naquele município, por iniciativa da Organização da Mulher Angolana (OMA).

População continua a ser sensibilizada para denunciar os casos de violência no género
Fotografia: Mota Ambrósio

Palestras, acções de limpeza e saneamento básico em várias regiões do Andulo marcam a campanha dos 16 dias de activismo contra a violência no género, iniciada, ontem, naquele município, por iniciativa da Organização da Mulher Angolana (OMA).
A campanha, a decorrer sob o lema “Direitos da mulher, direitos humanos para todos”, disse Antónia Arão, responsável da Família e Promoção da Mulher na administração municipal, é dirigida a toda a comunidade, mas especialmente às mulheres das Forças Armadas Angolanas e da Polícia Nacional. A importância da mulher na sociedade e a violência no género são temas predominantes nas mensagens a serem transmitidas durante as palestras, salientou o responsável dos Serviços Sociais da administração municipal, Jerónimo Chivala.
A transmissão dos conteúdos da Constituição da República de Angola e a promoção da mulher também constam entre os temas a serem retratados na campanha que termina em 10 de Dezembro.

Tempo

Multimédia