Províncias

Acidentes de viação debatidos no Andulo

Os elementos do Conselho de Auscultação e Concertação Social do Andulo analisaram a delinquência juvenil e a sinistralidade rodoviária e foram informados sobre assuntos relacionados com a revisão do OGE deste ano.

Na reunião foram analisados, entre outros, problemas do sistema de ensino, o apoio à vacinação, ordenamento do território, situação dos sistemas e tratamento dos pontos de água, situação da raiva e controlo de cães e transferência dos grossistas para fora da área urbana.
O administrador municipal disse que o Conselho de Auscultação e Concertação Social deve procurar consensos que ajudem a resolver os problemas da comunidade.
Moisés Cachipaco pediu às autoridades tradicionais e eclesiásticas que trabalhem com a população da região na divulgação dos valores éticos e morais para diminuírem os casos delinquência e os acidentes nas estradas.
No encontro do Conselho de Auscultação e Concertação Social participaram chefes de repartições e secções da Administração, representantes das Forças Armadas Angolanas, da Polícia Nacional e de partidos políticos com assento parlamentar, entidades eclesiásticas e autoridades tradicionais.

Tempo

Multimédia