Províncias

Agricultores aperfeiçoam as técnicas

Delfina Victorino| Cuito

A Agência Internacional de Cooperação do Japão (JICA) preparou agricultores e técnicos do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA) e da Estação de Desenvolvimento Agrícola (EDA) do Bié em matérias sobre com o cultivo do arroz.

A Agência Internacional de Cooperação do Japão (JICA) preparou agricultores e técnicos do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA) e da Estação de Desenvolvimento Agrícola (EDA) do Bié em matérias sobre com o cultivo do arroz.
Os formandos, provenientes dos municípios do Cuito, Camacupa, Catabola, Cuemba e Chitembo, receberam formação de matérias ligadas à revitalização do cultivo e característica do arroz.
A cooperação entre Angola e o Japão prevê a produção do arroz, especificamente na região centro do país. A acção de formação teve o objectivo de aumentar a produção do arroz, no cumprimento do programa de diversificação económica do Executivo, que também estabelece que os técnicos agrários devem melhorar conhecimentos sobre a produção daquele cereal.
Katsuyuki Ohara, perito e representante da Agência Internacional de Cooperação do Japão em Angola (JICA), recordou que a acção formativa contribui para a segurança alimentar das populações e aumenta as receitas nas zonas rurais.
Obtidos os conhecimentos necessários, disse, espera-se a participação de profissionais da agricultura “na execução do projecto de desenvolvimento de arroz em Angola”, que começa ainda este ano no Bié e no Huambo.
“A temperatura, o tipo de irrigação e a duração do cultivo são elementos a ter em conta na produção do arroz”, afirmou durante a acção de formação, o  director do IDA no Bié, Roque Receado.

Tempo

Multimédia