Províncias

Agricultores do Bié beneficiam de apoio

Matias da Costa | Cuito


Um total de 59 mil famílias da província do Bié vão beneficiar, a partir de Janeiro do próximo ano, de 70 milhões de dólares, no quadro da segunda fase do Projecto da Agricultura Familiar Orientada para o Mercado (MOSAP), lançado recentemente, no município do Chinguar.

A representante do Banco Mundial, Clara de Sousa, explicou ontem, na cidade no Cuito, que o projecto está concebido para abranger sete municípios da província do Bié, com excepção do Cuemba e Cunhinga.
Referiu que o projecto Projecto da Agricultura Familiar Orientada para o Mercado está enquadrado no programa do Executivo, concebido no Plano Nacional de Desenvolvimento, centrado na agricultura familiar.
A vice-governadora provincial do Bié para o sector Económico, Deolinda Gonçalves, disse que a região está pronta para receber a segunda fase do projecto, tendo em conta os ganhos alcançados na primeira etapa. Deolinda Gonçalves lembrou que na primeira fase, o projecto apoiou 31 técnicos da Estação de Desenvolvimento Agrário, com formações para 162 associações em matérias de liderança.
A primeira fase, esclareceu ainda, abrangeu mais 74 associações em matérias de agrotécnica nas culturas de milho, feijão e batata rena, assim facilitou a assistência para 29 cooperativas. A vice-governadora mencionou, também, o financiamento de 88 subprojectos, que beneficiaram mais de quatro mil pequenos produtores.

Tempo

Multimédia