Províncias

Agricultores recebem apoio

Afonso Belo | Cuito

A Cooperativa Epongoloco, na comuna do Trumba, município do Cuito, recebeu na semana passada sementes de milho, de arroz, semeadoras, adubadoras, tractores, catanas, enxadas e fertilizantes, entregues pela Estação de Desenvolvimento Agrário (EDA) e destinados ao exercício da sua actividade na presente campanha agrícola.

Produtores receberam do Governo local sementes diversas e instrumentos de trabalho
Fotografia: Jornal de Angola

Ao proceder à entrega dos meios, o governador provincial em exercício do Bié, José Fernando Tchatuvela, destacou o programa do Executivo de Combate à Pobreza, através de várias acções de âmbito nacional, destinadas a assegurar o acesso permanente da população a uma alimentação saudável e nutritiva.
José Tchatuvela destacou, também, a necessidade de se mobilizar os camponeses e agricultores para estarem cada vez mais empenhados na tarefa de produção de alimentos, para a segurança alimentar da população. “O Governo tem como prioridade o incentivo do aumento da produção de cereais e o incremento das pequenas indústrias de processamento da cultura de mandioca a nível dos municípios, assim como facilitar a comercialização dos produtos já transformados”, frisou. O director provincial da Agricultura, Marcolino Rocha Satemba, disse que a  instituição que dirige vai preparar mais de 1.800 hectares de terra mecanizada, destinados ao cultivo de mandioca, milho, feijão e arroz, que são os produtos básicos da alimentação da população.
Nesta campanha agrícola, cerca de 300 mil famílias vão ser apoiadas com instrumentos de trabalhosementes e fertilizantes. A cooperativa Epongoloco conta com 60 associados, dos quais 22 mulheres. No exercício da sua actividade, já desbravou 50 hectares de terra, de forma mecanizada.

Tempo

Multimédia