Províncias

Alunos melhoram o aproveitamento escolar

O nível de aproveitamento dos alunos da escola de formação de técnicos de saúde Comandante Bula do Bié melhorou significativamente no II trimestre do ano lectivo em curso, em relação ao primeiro trimestre, afirmou ontem no Cuito, a subdirectora pedagógica da instituição académica.

Milhares de alunos frequentam o curso técnico de saúde em várias especialidades
Fotografia: Paulo Mulaza

Claudina Jamba Sandande disse que no primeiro trimestre do ano académico o aproveitamento foi de 40 por cento, enquanto no segundo trimestre a percentagem foi melhorada para 55,7 por cento de aproveitamento.
A melhoria resultou do encontro mantido entre a direcção da escola e professores, do qual foram traçadas estratégias que contribuíram para a superação de algumas debilidades por parte dos alunos e não só.
A maioria dos alunos com nível de aproveitamento baixo frequenta a décima classe (primeiro ano), com problemas de adaptação, associados ao deficiente desempenho dos próprios alunos.
A subdirectora pedagógica sublinhou que o nível de aproveitamento escolar preocupa a instituição, já que pode comprometer a expectativa traçada pela direcção da escola.
“Este problema, para ser ultrapassado, precisa que haja a colaboração dos pais e encarregados de educação no acompanhamento dos filhos, sobretudo, participarem nas reuniões realizadas na escola”, salientou.
Na escola de formação de técnicos de saúde Comandante Bula do Bié frequentam as aulas no presente ano lectivo mais de mil alunos nas especialidades de enfermagem geral, radiologia, farmácia e análises clínicas, sendo os três últimos cursos introduzidos este ano. A instituição conta com 56 professores.
O Instituto Médio de Saúde Comandante Bula na província do Bié, actualmente Escola de Formação de Técnicos de Saúde, foi fundado a 28 de Setembro de 1978, sendo o primeiro no ramo da saúde em Angola criado pelo primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, na então República Popular de Angola.

Tempo

Multimédia