Províncias

Alunos partilham experiências

Afonso Belo | Cuito

Alunos da Escola de Formação de Professores do Futuro, afecta à Organização Não-Governamental Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP), do município de Catabola,  trocaram experiências com os estudantes da mesma instituição da Namíbia e da Zâmbia.

Estudantes finalistas estão integrados no projecto estando a realizar estágios práticos nas escolas das localidades rurais de Catabola
Fotografia: Edson Fabrízio

O director da Escola de Professores do Futuro de Catabola, Joaquim Félix, disse ontem que o objectivo  do encontro foi reforçar as parcerias entre as escolas dos três países e ajudar a desenvolver ideias e experiências trazidos pelos alunos dos outros países, principalmente no campo da investigação e desenvolvimento das comunidades rurais.
 Neste momento, 84 alunos finalistas estão integrados no projecto, estando   a realizar estágios práticos nas escolas das localidades rurais do município de Catabola.
Joaquim Félix explicou que aplicar os conhecimentos adquiridos durante os três anos de formação consta das estratégias da instituição, no sentido de transmitir responsabilidades nas tarefas da educação aos alunos.
As práticas agrícolas, a preservação da flora e da fauna fazem parte do projecto de fim de curso dos estudantes da Escola dos Professores do Futuro (EPF).
Joaquim Félix salientou que tem havido pouca colaboração por parte de algumas comunidades, por falta de informação sobre a importância do projecto, bem como pelo nível de escolaridade das  famílias.
Esforços estão a ser realizados junto das autoridades tradicionais locais  para facilitarem a integração dos alunos nas comunidades e nas actividades do campo, concluiu Joaquim Félix.

Tempo

Multimédia