Províncias

Ambientalistas dão apoio à missão evangélica local

José Chaves |Andulo

Alunos do internato da Missão Evangélica do Chilesso, no município do Andulo, província do Bié, receberam na segunda-feira produtos básicos de higiene, uma doação da Associação dos Protectores do Meio Ambiente (APROMA), no quadro das comemorações do IX aniversário da paz e da reconciliação nacional.

Foram doados produtos de higiene
Fotografia: Jornal de Angola

Alunos do internato da Missão Evangélica do Chilesso, no município do Andulo, província do Bié, receberam na segunda-feira produtos básicos de higiene, uma doação da Associação dos Protectores do Meio Ambiente (APROMA), no quadro das comemorações do IX aniversário da paz e da reconciliação nacional.
As crianças beneficiadas são oriundas de famílias pobres, que residem em diferentes aldeias do Andulo, e se encontram naquela Missão. No internato, os mais de 50 menores passam por várias necessidades, desde as condições da acomodação degradantes, alimentação deficiente e vestuário precário. Por vezes, são obrigados a fazer longas caminhadas a pé para as aldeias de origem, algumas ficando a cerca de 40 quilómetros, para adquirirem alimentos e regressar para prosseguir os estudos. Os membros da associação, nesta acção filantrópica, distribuíram um kit com sabonete, pasta dentífrica, escova, creme para pele e sabão. O vice-presidente da APROMA, Fonseca Satula, afirmou que a doação se enquadra nos objectivos dos estatutos da associação, que orienta a promoção e adopção de boas práticas relativas à higiene e saúde nas comunidades. A directora do internato, Esperança Raposo, depois de agradecer o gesto da associação, disse que a ajuda vai minimizar as carências por que passam as crianças ali instaladas.
A Missão Evangélica do Chilesso, pertence à Igreja Evangélica Congregacional de Angola (IECA), fundada em 1894 pelo missionário T.W. Woodside.   

Tempo

Multimédia