Províncias

Andulo efectua reparação de estradas

Mário de Carvalho | Bié

Mais de 1.280 quilómetros de estradas terciárias da comuna do Kassumbi, município do Andulo, província do Bié, entram brevemente em reparação, depois da entrega, no último fim-de-semana.

Mais de 1.280 quilómetros de estradas terciárias da comuna do Kassumbi, município do Andulo, província do Bié, entram brevemente em reparação, depois da entrega, no último fim-de-semana, de vários meios mecânicos a uma empresa local vocacionada nesta área.
Os meios entregues, na semana passada, pelo vice-ministro da Comunicação Social, Miguel de Carvalho “Wadijimbi”, são constituídos por máquinas niveladoras e escavadoras, uma carrinha, contendo diversos instrumentos de trabalho manuais, um camião cisterna para água e outro para transporte de inertes.
A prioridade da reparação das referidas estradas vai recair sobre os cerca de 50 quilómetros que ligam o Andulo ao Kassumbi, cuja população enfrenta dificuldades em vários sectores, devido à degradação da via rodoviária.
Durante o acto de entrega, o vice-ministro referiu que boas estradas ajudam na melhoria da circulação de pessoas e bens, aspecto importante para o desenvolvimento das comunidades.
Miguel de Carvalho salientou que além destas empreitadas, o Governo vai continuar a envidar esforços com vista a desenvolver acções noutras áreas chave do desenvolvimento do país, como a educação e saúde, respectivamente.
A administradora municipal do Andulo, Lúcia Chicapa, disse que o programa do Governo de desenvolvimento rural e combate à fome e à pobreza só resultará em êxito se as vias de comunicação estiverem em condições de garantirem a mobilidade rápida de pessoas e bens.
Salientou que as vias degradadas constituem obstáculo para o desenvolvimento de qualquer sociedade, tendo apontado a comuna de Kassumbi como um exemplo disso.
Quando o país alcançou a paz, em 2002, foram realizados vários investimentos no Andulo. Infelizmente, o Kassumbi, até agora, conta apenas com duas infra-estruturas sociais de destaque, uma escola de três salas e um posto de saúde, lamentou Lúcia Chicapa.
Segundo a administradora, os empreiteiros deixaram de actuar naquela comuna, devido ao mau estado das estradas.
O município do Andulo possui um aeroporto terraplanado com 3.200 metros de comprimento. Neste município estão instaladas todas as instituições de carácter social, com maior destaque para as educacionais e sanitárias.
No presente ano lectivo, Andulo conta com 86.000 alunos matriculados no ensino primário, secundário e médio. Na área da saúde tem em funcionamento três hospitais de referência, sendo um municipal e dois das missões do Chicumbi e do Chilesso. Existe um programa de expansão sanitária, através da construção de postos médicos nas povoações.

Tempo

Multimédia