Províncias

Andulo está sem água há mais de dez dias

José Chaves | Andulo

A cidade do Andulo,  na  província do Bie, está privada de água há mais de 10 dias, devido a uma ruptura na principal conduta que abastece também os bairros  periféricos, informou, ontem, o director municipal do sector de Energia e Águas.

Torneiras nas residências do centro do município deixaram de jorrar água há quase duas semanas devido a uma avaria
Fotografia: EDIÇÕES NOVEMBRO

Amílcar Borges disse que os mais de três mil habitantes afectados pela avaria estão a consumir água retirada directamente dos rios, lagoas e cacimbas. “A avaria foi originada por um rompimento brusco no painel electrónico da Estação de Tratamento de Água (ETA) da circunscrição. Entretanto, uma equipa técnica já está a trablhar, há alguns dias, para superar a avaria ”, informou sem indicar um horizonte temporal para o fim dos trabalhos.
Segundo Amílcar Borges, os técnicos  vão substituir o painel electrónico danificado. “Estamos a trabalhar  a um ritmo acelerado,porque a conduta avariada alimenta toda a rede de distribuição da sede municipal ”, garantiu.

Vandalização de manivelas
Cerca de 20 manivelas e pequenos sistemas de abastecimento de água, no município do Andulo, foram vandalizados por desconhecidos, embaraçando, assim, o fornecimento de água às residências com regularidade, disse Amílcar Borges.
“Apelamos aos nossos clientes  a denunciarem todos os actos de vandalismo que visam estrangular o sistema de abastecimento de água”,  exortou o responsável do sector no município.
A criminalidade  na cidade do Andulo tem  atingido cifras preocupantes nos últimos tempos, segundo dados revelados pela Polícia na província do Bié. Os marginais têm dirigido as acções em infra-estruturas públicas, particularmente no sector da Energia e Águas, onde preferencialmente saqueiam cabos eléctricos, contantadores de energia e de água.

Tempo

Multimédia